Silêncio total | TNG Informa - Informação com responsabilidade!
Pausa para o descanso!

O TNG Informa comunica a todos que estará em recesso no período de 12/12/2017 a 15/01/2018. Em virtude disso, desejamos a todos um Feliz Natal e um 2018 repleto de realizações.
Ok! Entendi ›
© TNG Informa Comunicação. Informaç&aatilde;o com responsabilidade! Todos os Direitos Reservados
Coluna Bate Pronto
Silêncio total
Por Thaffarel Nunez Gonçalves
10 de Abril de 2018 às 17:39:29 Redação 143 Facebook Google+ Twitter WhatsApp
coluna_bate_pronto_-_versao_20182.jpg
Silêncio - É surpreendente o silêncio dos vereadores na sessão da Câmara desta segunda-feira (09), diante da situação da Fundação Ueze Zahran, apresentada pela reportagem do TNG Informa no sábado passado (07).
 
Problemas - Entre os problemas apresentados estão a falta de transparência - pelo fato de o convênio não ter sido publicado -, a falta de manutenção do local e a atuação de um servidor trabalhando sem contrato com a prefeitura de Bela Vista desde janeiro deste ano.
 
Fotografia - Na sessão de ontem, os vereadores pareciam estar mais preocupados em elogiar a atitude da administração por ter atendido a alguns requerimentos - o que não faz mais do que a obrigação - e em questionar o fato de não terem sido convidados pelo prefeito Reinaldo Miranda Benites para a foto com um cheque simbólico de R$ 1,4 milhão, tirada pelo chefe do executivo ao lado dos deputados federais Zeca do PT e Vander Loubet; e do deputado estadual Pedro Kemp.
 
Desativada - O prefeito de Bela Vista assinou, na terça-feira passada (03), decreto nº 9.241/2018, desativando a Escola Municipal Barra do Itá. O decreto foi publicado na edição de sexta-feira do Diário Oficial do Município.

Transparência - A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Bela Vista iniciou a digitalização de documentos do arquivo do Legislativo. De acordo com informações da assessoria, requerimentos, projetos de lei, processos administrativos, folhas de pagamentos e documentos históricos serão digitalizados e publicados.

Greve - Foi iniciada nesta terça-feira (10) a Greve dos Trabalhadores Administrativos das Escolas Estaduais. Eles se posicionaram contra a proposta de reajuste salarial de 3,04% oferecido pelo Governo de Mato Grosso do Sul. A média salarial da categoria seria de R$ 1,3 mil, embora o salário-base para algumas das carreiras ainda seja abaixo do mínimo (R$ 954).

Abono - A categoria quer a incorporação do abono salarial de R$ 200 aos salários ainda neste ano. Mas, a proposta de correção enviada pelo governo e aprovada na Assembleia Legislativa na semana passada prevê a incorporação em maio de 2019.

Duração - De acordo com a FETEMS, a greve iniciada nesta segunda-feira (10) é por tempo determinado. O encerramento está previsto para o dia 30 de abril.

Comentários, elogios e sugestões: blogdothaffarel@gmail.com