Ceará marca no fim e bate o Flamengo no Maracanã lotado | TNG Informa - Informação com responsabilidade!
Pausa para o descanso!

O TNG Informa comunica a todos que estará em recesso no período de 12/12/2017 a 15/01/2018. Em virtude disso, desejamos a todos um Feliz Natal e um 2018 repleto de realizações.
Ok! Entendi ›
© TNG Informa Comunicação. Informaç&aatilde;o com responsabilidade! Todos os Direitos Reservados
Campeonato Brasileiro
Ceará marca no fim e bate o Flamengo no Maracanã lotado
02 de Setembro de 2018 às 19:10:57 Gazeta Press 16 Facebook Google+ Twitter WhatsApp
180902-cera.jpg
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

O Flamengo vinha de uma decepção na última quarta-feira, quando foi eliminado da Libertadores pelo Cruzeiro, e tinha pela frente o vice-lanterna do Campeonato Brasileiro, o Ceará, no Maracanã, na manhã deste domingo. A torcida prestigiou e mais de 60 mil compareceram ao estádio para ver o Rubro-Negro parar no forte esquema defensivo cearense, e ainda sofre um gol nos acréscimos da segunda etapa. Placar final Ceará 1 a 0, gol de Leandro Carvalho.

 

Com a derrota trágica, o Flamengo estaciona nos 41 pontos. Apesar de não correr risco de perder a terceira colocação na rodada, tem que torcer contra os líderes São Paulo e Internacional, que enfrentam Fluminense e Cruzeiro, respectivamente, ainda neste domingo.

 

Pelo Brasileiro, o Flamengo encara o Inter em Porto Alegre na próxima quarta-feira, em confronto direto pelas primeiras posições. Já o Ceará, que ganhou novo fôlego na briga contra o rebaixamento, recebe o Corinthians no Castelão.

 

O JOGO – Eliminado na Libertadores no meio de semana, o Flamengo entrou em campo disposto a dar a volta por cima e continuar na luta pelo título do Campeonato Brasileiro. Empurrado pela grande presença de público na bela manhã de sol no Maracanã, o Rubro-Negro começou a partida com muita intensidade. A pressão começou logo nos primeiros minutos.

 

Aos 6, Renê enfiou em profundidade para Marlos, que foi ao fundo e cruzou rasteiro. A zaga rebateu e Lucas Paquetá tentou o chute de fora da área, mas a bola foi fraca e Éverson segurou com facilidade. No minuto seguinte, falta da intermediária e Diego soltou uma bomba no ângulo, que Éverson espalmou para escanteio.

 

Aos 11, escanteio da esquerda que Évertn Ribeiro levanta na área, Rhodolfo desvia e Diego toca para o fundo da rede. Em decisão polêmica, a arbitragem para a jogada e marca impedimento do camisa 10.

 

A pressão é total do Flamengo e o Ceará não conseguia manter a posse de bola. Diego cobrou escanteio pela esquerda aos 13, e tentou o gol olímpico. A bola bateu no travessão.

 

Os comandados de Maurício Barbieri diminuíram o ritmo a partir da metade do primeiro tempo, e o Ceará começou a aparecer em contra-ataques. A primeira chance foi aos 29 com Leandro Carvalho. O atacante fez bela jogada pela direita e cruzou para Calysoin, que chutou forte mas Diego Alves defendeu.

 

O Ceará chegou mais uma vez aos 35 em jogada em profundidade. Leandro Carvalho tentou por cobertura mas Diego Alves estava atento e saiu providencialmente do gol e salvou o Fla.

 

O Flamengo teve a chance do primeiro gol aos 40. Diego cobrou escanteio pela esquerda e levantou na área. A bola é disputada perto da linha do gol e sobra na pequena área para Henrique Dourado. O atacante chuta desequilibrado e um defensor do Ceará salva na linha.

 

O técnico Lisca colocou o atacante Felipe Azevedo no lugar do meia Calyson na volta para a segunda etapa, enquanto o Flamengo voltou com a mesma formação.

 

O Rubro-Negro continuou a dominar as ações do jogo em busca do gol. Já o Ceará se fechou na defesa como pode, e só esperava uma bola para armar o contra-ataque. A primeira oportunidade no segundo tempo veio de um erro de Paquetá, que Luiz Otávio ficou com a bola e partiu em velocidade. Leandro Carvalho recebu na direita, dominou, e inverteu para Leandro Azevedo, que cortou para o meio e tentou o chute da entrada da área. Diego Alves caiu no canto e segurou.

 

Aos 16, tabela rápida entre Éverton Ribeiro e Paquetá no bico da área pela direita. O camisa 7 dá de calcanhar para o prata da casa, que tenta de canhota mas manda pela linha de fundo.

 

Aos 25, Renê recebeu na ponta esquerda e levantou no segundo pau. Paquetá sobe mais que o marcador e cabeceia por cima do travessão.

 

Com o Ceará todo recuado e o gol que não saía, Barbieri foi para o tudo ou nada e tirou o volante Piris da Motta para a entrada do atacante colombiano Uribe

 

A medida não surtiu efeito, e para piorar, o Ceará conseguiu achar um gol aos 46 minutos. Leandro Carvalho arriscou de fora da área, a bola quicou perto de Diego Alves, e o goleiro do Flamengo aceitou.

 

O Flamengo ainda teve uma chance para empatar aos 48, num chute de Diego que foi em cima do goleiro cearense.

 

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO-RJ 0 X 1 CEARÁ-CE

 

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 2 de setembro de 2018 (Domingo)
Horário: 11h(de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Rogerio Pablos Zanardo (SP)
Renda: R$ 1.860,48
Público: 61.277 (55.147 pagantes)
Cartões Amarelos: Henrique Dourado, Diego (Fla); Calyson, Samuel Xavier (Ceará)
Gol:
CEARÁ: Leandro Carvalho, aos 46 min do 2º tempo

 

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Réver, Rhodolfo e Renê; Piris da Motta (Uribe), Lucas Paquetá, Diego, Everton Ribeiro e Marlos Moreno (Vitinho); Henrique Dourado (Lincoln)
Técnico: Maurício Barbieri

 

CEARÁ: Éverson, Samuel Xavier, Luiz Otávio, Tiago Alves e João Lucas (Eduardo Brock); Juninho, Edinho e Calyson (Felipe Azevedo); Leandro Carvalho, Arthur (Arnaldo) e Juninho Quixadá
Técnico: Lisca.