Atlético-MG decide na bola parada e sai na frente do Cruzeiro | TNG Informa - Informação com responsabilidade!
Pausa para o descanso!

O TNG Informa comunica a todos que estará em recesso no período de 12/12/2017 a 15/01/2018. Em virtude disso, desejamos a todos um Feliz Natal e um 2018 repleto de realizações.
Ok! Entendi ›
© TNG Informa Comunicação. Informaç&aatilde;o com responsabilidade! Todos os Direitos Reservados
Campeonato Mineiro
Atlético-MG decide na bola parada e sai na frente do Cruzeiro
02 de Abril de 2018 às 02:58:45 Gazeta Esportiva 38 Facebook Google+ Twitter WhatsApp
180402-ricardo_oliveira.jpg
Ricardo Oliveira marcou dois para o Atlético-MG na decisão diante do Cruzeiro (Foto: Bruno Cantini/Divulgação)

O Atlético-MG saiu em vantagem sobre o Cruzeiro na primeira final do Campeonato Mineiro durante a tarde deste domingo. No Estádio Independência, a equipe alvinegra foi eficiente nas jogadas de bola parada e conseguiu bater o arquirrival por 3 a 1.

 

O segundo e decisivo confronto pela decisão do título estadual está marcado para as 16 horas (de Brasília) do próximo domingo, no Estádio do Mineirão. Com o placar alcançado no Independência, o Atlético-MG pode perder por até um gol de diferença. O Cruzeiro, com melhor campanha, é campeão se vencer por dois gols.

 

O time comandado pelo técnico Thiago Larghi definiu a vitória ainda no primeiro tempo. Em apenas nove minutos, com o venezuelano Otero e o centroavante Ricardo Oliveira inspirados, o Atlético-MG marcou três gols originados em jogadas e bola parada. Arrascaeta diminuiu na etapa complementar.

 

O Atlético-MG inaugurou o marcador aos 36 minutos de partida. Em uma cobrança de falta pelo lado direito, Otero cruzou na segunda trave. A bola passou por todo o mundo, até chegar no artilheiro Ricardo Oliveira, que completou para o fundo das redes.

 

O time alvinegro conseguiu aumentar sua vantagem aos 41 minutos da etapa inicial, em mais um lance originado em cobrança de bola parada efetuada por Otero. O venezuelano bateu escanteio pela direita, Adilson desviou levemente com a cabeça e Fábio acabou vencido.

 

O terceiro gol do Atlético-MG saiu no último minuto regulamentar da etapa inicial. Pelo lado esquerdo, Otero bateu escanteio curto e recebeu novamente. O venezuelano cruzou e o veterano Ricardo Oliveira apareceu novamente para completar, desta vez com a cabeça.

 

Na tentativa de diminuir a vantagem do Atlético-MG para o segundo jogo da decisão, o Cruzeiro procurou pressionar e marcou aos 37 minutos do segundo tempo. Thiago Neves recebeu de Sassá e ajeitou para finalização certeira do uruguaio Arrascaeta pela direita.

 

Assim que o jogo terminou, o volante argentino Lucas Romero correu na direção do banco do Atlético-MG com o dedo em riste e foi contido por Elias, o que causou um princípio de confusão. O meio-campista estrangeiro deixou o gramado do Estádio Independência sem conceder entrevista.

 

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 3 X 1 CRUZEIRO

 

Local: Estádio Independência, Belo Horizonte (MG)
Data: 01 de Abril de 2018, Domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas (FIFA)
Auxiliar: Helcio Araújo (PA/CBF) e José Ricardo Coimbra (PA/CBF)
Cartões amarelos: Elias, Adilson e Ricardo Oliveira (AMG); Sassá (CRU)
Gols:
ATLÉTICO-MG: Ricardo Oliveira, 36 e aos 45 minutos do primeiro tempo, e Adilson, aos 41 minutos do primeiro tempo
CRUZEIRO: Arrascaeta, aos 37 minutos do segundo tempo

 

ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson (Arouca), Elias (Yago) e Cazares; Luan (Tomás Andrade), Otero e Ricardo Oliveira
Técnico: Thiago Larghi

 

CRUZEIRO: Fábio, Lucas Romero, Léo, Murilo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral (Mancuello), Robinho e Thiago Neves, Rafinha (Arrascaeta) e Raniel (Sassá).
Técnico: Mano Menezes.